Dedetizadora

Ratos

Ratos
MAMÍFERO DA ORDEM RODENTIAEspécies mais comuns:Camundongo (Mus musculus)Rato de forro (Rattus rattus)A identificação da espécie é muito importante para o efetivo controle destes animais.Os ratos possuem hábitos noturnos, mas podem sair de seus abrigos durante o dia, quando a população se torna muito grande e os alimentos se tornam insuficientes.O camundongo possui vida média de 1 ano, enquanto que o rato de forro pode viver até 1,5 anos. Já a vida da ratazana é de 2 anos.Com 3 meses de vida, em média, os ratos de forro já estão prontos para se reproduzirem. Cada ninhada tem de 3 a 9 filhotes, e há de 3 a 4 ninhadas por ano. O período de gestação é de 28 dias. A ratazana tem em média 8 filhotes por ninhada, e período de gestação de 28 dias. O camundongo tem em média 4 a 10 filhotes, com 4 a 5 ninhadas por ano, e gestação de 21 dias.Como já conhecidos, os ratos são vetores de diversas doenças, como o Tifo murino, Salmonelose, Triquinose, Leptospirose, Febre de Mordida de Rato e Peste bubônica.

Moscas

Espécies mais comuns: Muscidae Faniidae Calliphoridae Sarcophagidae. As moscas têm biologia variada e muito interessante. Algumas espécies são úteis e outras podem ter importância médica e veterinária, já que sugam sangue, parasitam tecidos e/ou transmitem parasitos.A cabeça apresenta olhos bem desenvolvidos. Algumas espécies são hematófogas (alimentam-se de sangue) sugadoras, outras,têm peças bucais atrofiadas, e não se alimentam no estágio adulto. O tórax, assim como o restante do corpo, é cinzento ou amarelado, com exceção das moscas da Família Calliphoridae, que apresentam coloração metálica.Estes animais apresentam metamorfose completa (são holometábolos), passando pelos estágios de ovo, larva, pupa e adulto. As moscas adultas freqüentam vários ambientes (dependendo da espécie e das condições) e alimentam-se de inúmeras substâncias. Em geral têm atividade diurna e, após copular, põem algumas centenas de ovos.Moscas de várias espécies podem conviver com o homem, frequentando os mesmos ambientes, e também os locais onde vivem os animais domésticos. Algumas delas podem transmitir agentes patogênicos a humanos e animais, uma vez que frequentam fezes, urina e matéria orgânica em decomposição.

Formigas

INSETO DA ORDEM HYMENOPTERA Espécies mais comuns:Lavapé (solenops spp)
Faraó (monomorium pharaonis)
Carpinteira (camponotus spp)
Argentina (linepithema humili)
Maluca (parathechina longicomis) Por serem insetos sociais, vivem agrupadas em colônias, assim como cupins ou abelhas. Todos os indivíduos da colônia passam por três estágios de desenvolvimento (ovo, larva e pupa) até atingir a fase adulta. Entre os adultos, as formas aladas correspondem aos sexuais (fêmeas que poderão ou não transformar-se em rainhas e os machos, que geralmente aparecem uma vez por ano), e as formas sem asas (operárias) são estéreis. As colônias apresentam indivíduos adultos, pupas, larvas e ovos.
A maioria constrói seu ninho no chão, podendo ser tanto superficial como subterrâneo. Algumas constroem seus ninhos sobre as plantas, outras escavam ou ocupam cavidades em madeiras ou tronco de árvores, enquanto outras nidificam no interior das residências, sob azulejos, batentes de portas, sob o piso, aparelhos eletrodomésticos e mobiliário.
A dieta das formigas é bastante variada. A maioria é onívira, isto é: alimenta-se do que encontra, seja doce, animal, seja vegetal. Algumas são carnívoras alimentando-se de outros animais, vivos ou mortos.
Embora as espécies de formigas consideradas pragas sejam poucas, os prejuízos econômicos podem ser grandes, principalmente os causados na agricultura, na produção e armazenamento de alimentos e também na saúde pública (atuando no transporte de microorganismos patogênicos ao homem e na transmissão de doenças).
Este último, por que estes animais, por serem pequenos, passam por pequenas frestas na estrutura da edificação, podendo transitar livremente pelo lixo, esgoto, e outros locais onde há uma grande ocorrência de bactérias, fungos e vírus patogênicos ao homem, transportando-os para dentro das casas, hospitais, restaurantes, etc.
Os principais gêneros encontrados na área urbana são: Tapinoma, Paratrechina, Wasmania, Solenopsis, Camponotus, Crematogaster, Pheidole, Monomorium, etc.

Mosquitos

INSETO DA ORDEM CULICIDEOS
Espécies mais comuns:
Culex quinquefaciatus
Aedes aegypti
Aedes albopictus
O Culicideos são mosquitos cosmotropicais, associado a aglomerados humanos urbanos e rurais. Os mosquitos se proliferam em água rica em matéria orgânica em decomposição ou água limpa, como valas de esgotos a céu aberto, podendo se procriar também em recipientes antrópicos, como vasos, pneus, floreiras, latas, etc.
As fêmeas dependendo da espécie picam no inicio do entardecer, mas preferem se alimentar em horas mais avançadas da noite que é o caso do Culex quinquefaciatus, mas também podem picar durante o dia como no caso do Aedes aegypti e Aedes albopictus. Quando muito abundantes em ambientes, se tornam uma verdadeira praga.
Para um controle efetivo e duradouro, deve-se integrar o controle de formas imaturas (larvas e pupas) com o controle de adultos.

Cupins

Cupins
INSETO DA ORDEM ISOPTERAEspécies mais comuns:Cupin SubterrâneoCupin de MontículoCupin ArborículaTambém chamados Térmites, formigas brancas, siriris ou aleluias são insetos de metamorfose incompleta/hemimetábolos (não passam pela fase de larva) da Ordem Isoptera (Do Grego Iso = Igual; Ptera = Asas).Distribuem-se principalmente em regiões tropicais e subtropicais podendo ocorrer algumas espécies em regiões desérticas ou temperadas. Alimentam-se basicamente de materiais celulósicos e lignocelulósicos.Assim como as formigas ou abelhas, os cupins são insetos sociais, que vivem em colônias organizadas em castas. As castas mais importantes são: a dos soldados (defendem a colônia), operários (realizam todos os serviços da colônia, como construção e reparo do ninho, busca de alimentos, proteção aos mais jovens, etc.), reprodutores primários (são os alados, que após a revoada, perdem as asas, fundam novas colônias e passam a ser chamados reis e rainhas) e por fim, a casta dos reprodutores secundários ou de substituição, que sem asas, não participam das revoadas e são capazes de substituir reis ou rainhas mortos ou que se tornaram inférteis.O ninho é a estrutura que oferece abrigo e proteção à colônia. É construído pelos operários que podem utilizar diversos materiais, como madeira, barro, partículas do solo, ou fezes. Dependendo da localização, pode ser classificado em: subterrâneo, epígeo (sobre o solo) ou arbóreo (sem contato com o solo).

Escorpíões

Escorpiões
ARTHROPODOS, CLASSE ARACNÍDEAEspécies mais comuns:TytiusTodos os Aracnídeos possuem o corpo dividido em Cefalotórax e Abdomem, possuem 4 pares de pernas, Olhos e Queliceras.Os escorpiões possuem o final do abdomem terminado em forma de cauda, no final desta há um aguilhão (órgão inoculador de toxinas). Possuem também um par de pinças que é utilizado para imobilizar suas presas.Os Escorpiões são animais predadores de insetos e outros arthropodos, sendo mais ativo no período noturno.O Gênero Tytius é um dos gêneros mais comuns de ocorrerem em área urbana, normalmente escondidos em baixo de pedras, madeiras, entulhos, e sempre em locais onde há uma grande quantidade de alimentos.Normalmente encontramos infestações de Tytius em área urbanas em locais onde há uma grande infestação de baratas com muita área verde em volta do local.

Pulgas

ORDEM ECTOPARASITASAs pulgas são insetos pequenos e ápteros, medindo pouco mais de um milímetro de comprimento, possuem o corpo achatado para auxiliar em seu deslocamento através dos pelos de seu hospedeiro.As pulgas são ectoparasitas de diversos mamíferos e aves. Possuem aparelho bucal tipo rasgados e sugador, possuem o 3º par de pernas muito desenvolvido que possibilita o inseto a saltar cerca de 20 cm de altura e 40 de distância.São Holometábulos (metamorfose completa) passando pelos estágios de ovo, larva, pupa e adulto, os ovos normalmente são depositados no corpo do hospedeiro, mas podem ser depositados em frestas de assoalhos, carpetes, etc.Dependendo da umidade relativa do ar os ovos podem eclodir em 2 dias, mas em geral eclodem entre 1 e 2 semanas.As larvas se alimentam de partículas de matéria orgânica e de fezes de pulgas adultas (que é sangue digerido). Após este estágio o inseto se transforma em pupa, fase onde não se alimenta, e onde ocorre a transformação da larva para o inseto adulto.

Baratas

INSETO DA ORDEM DYCTIOPTERAEspécies mais comuns:Blattella GermanicaPeriplaneta americanaA Blattella germanica, é um inseto pequeno com o adulto variando de 10 a 14mm de comprimento, possui ciclo evolutivo muito rápido, possuem de 5 a 6 estágio ninfais (Jovens). Durante a vida, as fêmeas colocam de 4 a 8 Ootecas (saco de ovos), sendo que cada ooteca possui em média 30 a 40 ovos, podendo chegar até 48 ovos. O período de incubação dos ovos é de 14 dias e a vida media dos adultos é de 128 dias para os machos e 153 dias para as fêmeas.O adulto da Periplaneta Americana varia de 28 a 44mm de comprimento, possui um ciclo evolutivo um pouco mais lento que a B. germanica. Possui de 9 a 13 estágios ninfais, e pode colocar aproximadamente 30 ootecas durante sua vida. Cada ooteca possui de 14 a 28 ovos, a incubação dos ovos varia de 25 a 40 dias.Os machos e fêmeas vivem de 250 a 350 dias.As baratas são vetores mecânicos de diversas doenças ao homem, como por exemplo:Hepatites, Gastroenterites, Alergias, Dermatites, Pneumonias, Intoxicações Alimentares, Intoxicações Hospitalares, Verminoses, Poliomielites, Conjuntivites, entre outras.

Aranha

INSETO DA ORDEM ARTRÓPODESEspécies mais comuns:Armadeira (Phoneutria )Tarântula ou aranha de grama (Lycosa )Aranha marrom (Loxosceles )Viúva-Negra (Latrodectus )As aranhas são Artrópodes da Classe Arachnida e Ordem Araneae. As que possuem grande porte, como certas caranguejeiras, são exceções dentro da ordem. A grande maioria é de pequeno porte. Algumas vivem sobre o solo, outras em árvores e outros suportes, no sub-solo ou também nas proximidades da água.Como ocorre com os escorpiões e com outros aracnídeos, o corpo das aranhas é formado por duas partes: cefalotórax e abdome. A superfície externa do corpo (revestimento cuticular) é substituída diversas vezes durante suas vidas em processos denominados mudas. Comumente, na última muda a aranha atinge a maturidade sexual ocorrendo o acasalamento. Após o acasalamento, a fêmea mata o macho e alimenta-se de seu cadáver.Animais predadores e carnívoros, as aranhas têm nos insetos o grosso de sua dieta. Consomem, todavia, representantes de outros grupos de artrópodes ou até mesmo pequenos vertebrados. São muitas as espécies que fazem redes de teia e as utilizam na captura de presas.As que não usam redes caçam precipitando-se sobre suas vítimas, agarrando-as. Comumente a presa é paralisada por uma ou mais injeções de veneno, e muitas aranhas costumam envolvê-las com teia formando um embrulho.

Traças

INSETO DA ORDEM THYSANURAEspécies mais comuns:Ephestia cautellaEphestia elutellaPlodia interpunctellaAs Traças são insetos da Ordem Thysanura, são normalmente encontrados em locais onde há um grande acumulo de papéis, caixas, tecidos, e outros materiais. As traças são insetos primitivos ápteros (sem asas), que se alimentam de celulose principalmente papéis.São ametábulos (sem metamorfose), isto é as fases jovens são idênticas à fase adulta, característica encontrada apenas em insetos primitivos. Possuem o corpo pouco quitinizado com escamas normalmente douradas ou prateadas.São insetos frágeis devido a pouca quitinização do corpo, devido a isso não habitam ambientes com uma temperatura elevada, ou pouca umidade. Por causa desta característica é que normalmente iremos encontrar traças em locais como armários, arquivos, almoxarifados, etc, que são locais normalmente escuros com um grande acumulo de papéis.É muito comum encontrarmos também as falsas traças, que na verdade são pequenas mariposas.As Falsas Traças, ao contrário das verdadeiras, são insetos da Ordem Lepidoptera. São insetos alados (mariposas), que quando na fase larval se alimentam de grãos de cereais.São holometábolos (metamorfose completa), isto é, possuem as fases de ovo, larva, pupa e adulto, completamente distintos.Nos adultos, o primeiro par de asas é bastante característico de cada espécie, permitindo sua classificação.

Barbeiro

Na Ordem dos hemípteros incluem-se insetos conhecidos como “percevejos-de-cama, percevejos-de-mato, barbeiros e barata d’água. A maioria dos hemípteros nutre-se de seiva vegetal, muitos deles são predadores de outros insetos e outros poucos são hematófagos. Dentre os de importância médica estão os percevejos de cama (família Cimicidae) e os barbeiros (família Reduviidae, subfamília Triatominae). A família Reduviidae contem entomófagos (predadores de outros insetos) e hematófagos obrigatórios. Reconhece-se no geral estes insetos pelo exame da forma e relação do comprimento do aparelho bucal, denominado probóscide ou bico. Fitófagos têm probóscide reta e longa, que ultrapassa o primeiro par de pernas. Os predadores e hematófagos possuem probóscide curta que não ultrapassa o primeiro par de pernas e a extremidade distal desta repousa num sulco longitudinal do prosterno. A probóscide curta e curva tende a caracterizar um hemíptero predador e a probóscide curta e reta, um triatomíneo hematófago.Habitat dos Barbeiros:A América do Sul é a pátria dos triatomíneos; em nenhuma outra região faunística a abundância iguala-se à Neotropica, distribuindo-se entre as latitudes 40°N e 46°S do Sul dos EUA à Patagonia Argentina. Há 14 gêneros, três dos quais, a saber, Triatoma, Panstrongylus e Rhodnius, são de grande realce epidemiológico.Triatominae:Os hemípteros distinguem-se de outros insetos por terem as asas anteriores do tipo hemiélitros, isto é, com a metade basal rígida ou coriácea, e a metade distal membranosa e com nervuras e, também, aparelho bucal (probóscide ou tromba) do tipo picador sugador que se originam anteriormente aos olhos.Prevenção:Os triatomíneos podem ser controlados através de substâncias como hormônio juvenilizante, estimuladores de crescimento, inibidores de quitina, e inseticidas; depende do incentivo de pesquisas sobre controle biológico e também de investimentos sociais tais como, melhoria habitacional e educação sanitária.Doença de Chagas:“Todas as espécies de triatomíneos são vetores potenciais do Trypanosoma cruzi, mas apenas em alguns poucos casos, todas as condições necessárias são preenchidas para transformar uma espécie potencial em um real e efetivo transmissor da doença de Chagas humana”, essas condições são: adaptação à habitação humana, alto grau de antropofilia, curto espaço de tempo entre hematofagia e defecação e larga distribuição geográfica dos agentes.

Desalojamento de Morcegos

Classificação:Reino: AnimaliaFilo: ChordataClasse: MammaliaInfraclasse: PlacentaliaOrdem: ChiropteraInformações:- O morcego é um animal mamífero que possui a capacidade de voar.- Os estudiosos já catalogaram quase 100 mil espécies de morcegos, sendo que variam de cor, tamanho, peso e formato do corpo.- Alimentam-se, principalmente, de frutas, insetos, sangue de animais (poucas espécies hematófagas), peixes, néctar e pólem.- Ao voar a noite, utilizam um sistema de localização conhecido como biosonar (emissão de ondas ultra-sônicas através das narinas ou boca) Algumas espécies se orientam através dos ecos. Embora possuam este recurso, apresentam visão de boa qualidade.- Dependendo da espécie, a vida de um morcego vai de 10 a 25 anos de idade.- Podem transmitir a raiva para o ser humano, através da mordida com seus pequenos e afiados dentes.Olha só Wanda, na verdade existe sim uma doença relacionada a fezes de morcegos, a Histoplasmose. Trata-se de uma infecção causada por um fungo (Histoplasma capsulatum), ela pode não só acometer o homem como também outros mamíferos.Este fungo ocorre naturalmente no solo e seu crescimento é favorecido por material orgânico como fezes de morcegos (e pássaros), em condições de umidade e calor, como sótãos e cavernas. Ao se agitar fezes ressecadas desses animais, partículas contendo esporos do fungo espalham-se no ar como poeira. A infecção ocorre quando as pessoas inalam essas partículas. A doença pode ficar restrita ao pulmão ou tornar-se sistêmica.A gravidade depende da carga de esporos inalada. A maioria das pessoas não tem efeitos aparentes da doença. A doença respiratória aguda é caracterizada por sintomas respiratórios, sensação geral de estado de doença, febre, dor no peito e tosse seca. É recomendado, o uso de máscara ou lenços úmidos sobre o nariz e a boca sempre que se entrar em locais onde se alojem pássaros ou morcegos.-São importantes para o perfeito funcionamento dos ecossistemas, pois atuam na polinização e na distribuição de sementes pelas florestas.- Atingem a maturidade sexual (período de reprodução) por volta dos dois anos de idade.- Habitam locais úmidos e escuros, principalmente cavernas e construções abandonadas.- Muitas atividades dos morcegos são realizadas no final da tarde e a noite.

Desalojamento de Pombos

RepelentesExistem no comércio vários produtos, que são aplicados sobre telhados, beirais, etc. com o objetivo de afastar as aves do local.Sua ação se baseia no desconforto provocado pelo contato das aves com a substância, o que as faz se afastarem do local.Anticoncepcionais para pombosO Ornitrol, produto americano, é um inibidor da reprodução de pombos, mas pode também provocar a esterilização temporária de outros pássaros, caso haja uma utilização incorreta do produto.Recomenda-se sua utilização por técnicos da área pública, universidades e firmas especializadas em controle de pragas.Trata-se de milho coberto por uma camada de um quimioesterilizante, que impede a síntese da formação da gema do ovo, atuando também na espermatogênese.É indicado para cidades pequenas, e deve ser utilizado por um período de 2 anos para melhor se constatarem os resultados.Todos os métodos de controle possuem suas vantagens e desvantagens; entretanto, o que se recomenda é a utilização de medidas integradas a fim de se obterem mAlimentação:Alimenta-se de sementes, de grãos de vários cereais (trigo, cevada, aveia, milho), de caracóis, insetos e minhocas.Ciclo de vida:A fêmea tem 5 a 6 ninhadas por ano, em geral de 1 a 2 filhotes, que ficam cerca de um mês no ninho.Tempo de vida: 3 a 5 anos nos centros urbanos e em condições silvestres pode chegar até 15 anos.Identificação:É fácil distinguir a pomba dos demais pássaros pelas ceromas nasais - carnosidade localizadas na base do bico e recobertas por pele macia. Muito resistente possui um ótimo sentido de direção, um pombo bem treinado pode voar 1500 km ate atingir seu destino.Para constatar a sua presença, os sinas mais comuns são: penas, fezes, barulho em cima da residência ou edifício, ovos e ninhos.Problemas que os pombos podem ocasionar quando em grande número num local:Entupimento de calhas e apodrecimento de forros de madeira; danos a monumentos históricos, antenas de TV e pintura de carros (devido à acidez de suas fezes); contaminação de grãos; acidentes aéreos ou terrestres.Podem veicular doenças ao homem como a histoplasmose e a criptococose (fungos que se desenvolvem nas fezes de pombos), toxoplasmose, ornitose e salmonelose, alem de propiciarem dermatites causadas por ácaros e piolhos presentes em suas penas.Para evitar doenças, são feitas algumas recomendações:Na limpeza de forros, calhas ou qualquer outro local que apresente fezes, restos de ninhos, ovos e penas, usar sempre luvas e utilizar sempre uma máscara ou pano úmido sobre o nariz e a boca.Nunca remover a sujeira a seco, deve-se sempre umedecê-la antes, para evitar a inalação de poeira.Proteger os alimentos do acesso das aves.Barreiras físicasEste método baseia-se na utilização de telas, fechamento das aberturas por onde as aves adentram, com alvenaria ou outro material resistente; colocação de fios de nylon (de pesca) a aproximadamente 10 cm da base e presos nas extremidades por um prego; uso de pontas de arame em locais altos onde não haja acesso de pessoas; mudança do ângulo de inclinação da superfície de apoio das aves para 60 graus; utilização de produtos importados da França ou Estados Unidos, cuja função é também uma barreira física.

O meio ambiente está pedindo socorro!

Exija a Licença Ambiental, Alvará Sanitário e manifesto de descarte.
Ajude a conservar nossa água potável, nossas praias e o meio em que vivemos!

GALERIA

Florianópolis - SC

imediatadd@hotmail.com

contato

texto completo